Dissertações - Espaço de Saúde

Daniel Páscoa Soares do Rego

A Arquitectura como Instrumento Medicinal - O papel terapêutico dos espaços de saúde na sua missão de curar e cuidar

Novembro de 2012

Nesta dissertação é explorado o papel da arquitectura enquanto “ambiente terapêutico”, entendido como o cenário de tratamento que estimula o processo de cura através da criação de um ambiente físico e social que promova a sensação de bem-estar e reduza o stress e fadiga, encorajando uma atitude positiva por parte dos seus diversos utilizadores.
No domínio da investigação do Projecto Baseado em Evidência, permitiu realçar a instrumentalidade da arquitectura no âmbito da concepção de espaços de saúde humanizados, a qual, enunciando a Tríade Vitruviana – FIRMITAS, UTILITAS e VENUSTAS – se apresenta como condição necessária e fundamental para garantir o seu valor e significado. (apresentação, dissertação)