Dissertações - Espaço de Aprendizagem

 

Rita Costa Nascimento

Acessibilidade no Espaço Construído: do Contexto ao Utilizador. Caso de Estudo: o Campus Alameda do IST

Novembro de 2012

Assumindo um princípio de igualdade de direitos, defende-se que os ambientes universitários devem ser desenhados como espaços acessíveis e flexíveis de modo a poderem ser utilizados de forma adequada, segura e confortável por toda a população, independentemente da sua condição física e motora.
Esta dissertação propõe a experimentação de um conjunto de metodologias, para interpretação das condições de acessibilidade, dos espaços exteriores de recintos universitários, tendo, como principio, a diversidade de exigências colocadas por utilizadores com diferentes tipos de funcionalidades (e.g. idosos, grávidas, deficientes motores temporários e/ou permanentes e deficientes visuais).
A ferramenta proposta é aplicada ao Campus da Alameda do IST, permitindo obter um diagnóstico geral das condições de acessibilidade e identificar situações suscetíveis de intervenção/correção de modo a melhorar o seu desempenho. (apresentação, dissertação)

Katherine Both

Bibliotecas Universitárias: Análise da Organização, Flexibilidade e Adaptabilidade dos seus Espaços

Outubro de 2012

A presente investigação pretende identificar em que medida o programa funcional das BU's e a configuração espacial se concretizam para satisfazer as necessidades e expectativas do seu público-alvo. Exploraram-se os respetivos requisitos programáticos e características do seu público-alvo, bem como avaliaram-se as condições de uso e os conflitos arquitetónicos. As metodologias de análise adotadas recorrem à Avaliação Pós-Ocupação para estudar aspetos relativos ao uso do espaço da BU e aos princípios da Sintaxe Espacial para explorar as características morfológicas e configuracionais da BU e o modo como estes influenciam o seu desempenho e utilização. (apresentação, dissertação)

 

Sara Dias Valada

Bibliotecas Universitárias - À conquista dos novos utilizadores

Novembro de 2011

O objectivo geral desta investigação é a compreensão de qual a actual situação das bibliotecas universitárias contemporâneas e de que modo estas se estão a adaptar às constantes evoluções de competências, solicitações e expectativas do seu maior público-alvo – os estudantes da Geração-D. Para isso, este trabalho explora as diferentes formas de utilização das BU's de acordo com os requisitos programáticos a que estão sujeitas, estuda as características da Geração-D e avalia as condições de adaptabilidade que proporcionam, desenvolvendo-se em duas etapas distintas. (apresentação, dissertação)

 

Maria Luísa Canas da Silva Kuhn Videira

Atlas Universitário da Área Metropolitana de Lisboa

Junho de 2011

Este trabalho tem como principal objectivo a análise, do ponto de vista urbano, dos recintos universitários da AML. Contempla as suas inserções no meio urbano, quer do ponto de vista morfológico, quer no que respeita às relações por estes estabelecidas no contexto da AML. Tendo em vista o permanente processo de evolução atravessado pelas universidades contemporâneas, analisam-se vários parâmetros considerados pertinentes para este processo, de modo a estabelecer uma base informada que permita facilitar o entendimento das necessidades e requisitos de um recinto universitário.(dissertação)

 

Carolina Mónica Gonçalves Martins

O Edifício Escolar Inclusivo

Setembro de 2009

Este trabalho aborda a a inclusividade nos edifícios escolares. A consciência da existência da diversidade da comunidade escolar implica dar igual oportunidade de acesso a todos os utilizadores do espaço escolar, quaisquer que sejam as suas capacidades de mobilidade e as suas necessidades. O objectivo é explorar as condições de acessibilidade em espaços escolares, definir as características de uma “escola para todos”, e identificar as medidas a aplicar para que esta permita igual facilidade de acesso, utilização e vivência a todas pessoas. (apresentação, dissertação)